Emprego

Setor de saúde lidera geração de novos empregos

Empreendedor reflete sobre o mercado e sua importância na geração de empregos ao longo dos últimos anos.

Volta e meia podemos nos iludir com nossa aparência, com nossas escolhas…até com nossas convicções. Mas depois de ver esse infográfico não poderemos nos iludir com uma coisa: o mercado de trabalho irá sentir, sim, o efeito da revolução tecnológica na área de Saúde. E muito!

Ele começa nos mostrando que existe uma clara migração de oportunidades de emprego a cada novo ciclo que surge na economia. Assim, na década de 60 havia uma grande concentração de empregos na agricultura. Já no começo desse século há um grande deslocamento de empregos para o setor de serviços – com destaque para a quantidade de profissionais de enfermagem.

Uma curiosidade está no fato de que, ainda neste ano de 2015, nada menos que a metade dos postos de trabalho do mundo serão ocupados pela geração dos milennials. Não é pouco!

É impressionante notar que muitos dos cargos em aberto no ano de 2010 sequer existiam em 2004. E que – igualmente – algumas posições bastante procuradas hoje sequer existiam há 10 anos. Estamos falando de gente como desenvolvedores de aplicativos móveis, gestores de mídias sociais, especialistas em cloud computing e UX (user experience).

Isso permite apostar que mais da metade das crianças que estão agora no jardim da infância deverão ocupar cargos no futuro que sequer existem atualmente.

Também me faz lembrar que durante uma outra revolução – a Industrial – muitas funções que foram surgindo a reboque da inauguração das fábricas também não existiam até então. A tal ponto que algumas de suas denominações eram por vezes criadas com base em referências até então utilizadas em outras organizações com hierarquias já estabelecidas, como o Exército. Vem daí, por exemplo, o título Capitão de Indústria.

De qualquer forma, o que se imagina é que – ao menos no aspecto do perfil profissional – talvez seja possível desde já imaginar quais serão os requisitos fundamentais para melhorar a empregabilidade no futuro: raciocínio crítico, criatividade, capacidade de empreender e resolver problemas e – claro – uma boa dose de conhecimento digital.

O que isso tudo tem a ver com saúde? Ora, nada menos que a metade dos cargos utilizados para ilustrar essa nova geração de empregos que deverão surgir nos próximos anos estão associados ao setor de saúde. Fala-se de consultor em bem estar para idosos, criador de membros para utilização em transplantes, cirurgião de memória e especialistas em nano medicina.

Realmente mais um belo exemplo de que o tão falado tradicionalismo do setor será colocado a prova, inclusive, pela exigência de profissionais criada pelos novos tempos. Quem viver verá.

futuro-do-emprego-infográfico

Por Istvan Camargo –  22 de julho de 2015
Saúde Business

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *